A ARTE DO CIRCO NO SESCTV


A arte do Circo é tema de documentário inédito exibido pelo SescTV

Circo é… Circo aborda a formação e as práticas do artista circense, o risco como estética, memória, diferentes espaços de apresentação e possibilidades atuais de construções dramatúrgicas. Gravado durante o CIRCOS – Festival Internacional Sesc de Circo de 2015, o documentário estreia no dia 24/6, às 20h

As diversas versões e transformações da arte do circo ao longo do tempo são o ponto de partida para o documentário inédito Circo é… Circo, que terá lançamento dia 15/06, quarta, às 19h, no Sesc Bom Retiro, na capital paulista, e estreia no SescTV no dia 24/06, sexta, às 20h (assista em sesctv.org.br/aovivo). O filme revela a história do circo e diferencia os conceitos de estéticas e fazeres circenses. Traz um olhar poético para os espetáculos e entrevistas com artistas, diretores e pesquisadores de vários países, que abordam a formação e o labor do artista de circo, o risco como estética, memória, diferentes espaços de apresentação e possibilidades atuais de construções dramatúrgicas. Dirigido por Daniela Cucchiarelli, Circo é… Circo foi produzido durante a edição de 2015 do CIRCOS – Festival Internacional Sesc de Circo.

O evento de lançamento, no dia 15/06, contará com apresentação artística, exibição do documentário e o debate Circo: um panorama atual para possibilidades futuras sobre questões mais atuais acerca do circo, que reunirá circenses com atuações em políticas públicas, pesquisa acadêmica e criação artística (Hugo Possolo, palhaço, ator, autor e diretor; Marco Bortoleto, professor da Universidade Estadual de Campinas (SP) e pesquisador na área de circo; e Ana Coll, que é formada pela Escola Nacional de Circo, no Rio de Janeiro, nas técnicas de Double Trapézio e Lira, e integra o coletivo Um Café da Manhã, que se apresenta no evento.

O documentário Circo é… Circo discute, entre outros temas, a relação do circo com outras artes, como a dança, a música, o cinema e o teatro. Jorge Lix, artista da companhia portuguesa Erva Daninha, não vê limites para a fusão do circo com outras linguagens artísticas. “Acho que é um reflexo do nosso dia-a-dia, onde está tudo a se misturar, está tudo em fusão, e acho que o circo, nesse aspecto, não tem limites”, afirma.

Segundo Marco Bortoleto, o intercâmbio entre as artes existe desde a origem do circo e não é ele que distingue o circo contemporâneo do tradicional. “A questão é o quanto nós conhecemos do passado para esboçar um entendimento do presente”. Para ele, a distinção entre tradição e contemporaneidade se dá pela existência de escolas de circo. “Isso de fato é novo, não existia no século XVII, no XVIII e no XIX. Hoje, é uma realidade”.

As escolas circenses são um dos temas abordados pelo documentário. Sua criação gerou um debate, sobretudo entre os artistas tradicionais, cuja formação se deu em família, pelo aprendizado de pai para filho. “Eu entendo que muitos que são do circo tradicional talvez não tivessem opção, não escolheram. Essa é uma diferença muito importante entre todos os artistas de escola de circo, porque esses escolheram o circo”, aponta o espanhol Leandro Mendoza, diretor da Companhia Ciclicus.

Os entrevistados ainda refletem sobre o cenário atual e as definições de circo. “Para mim, é muito difícil dizer onde começa o circo contemporâneo e onde termina o tradicional”, defende a artista sueca Louise Bjurholm. O que perpassa todas as falas é que a estética do risco dá unidade às artes circenses.

Realizado pelo Sesc São Paulo, o documentário Circo é… Circo traz depoimentos dos artistas e trechos dos espetáculos das companhias Circolombia (Colômbia), Circus Cirkor (Suécia), Cia Cíclicus (Espanha), Joan Català (Espanha), Henrik & Louise (Suécia), Palhaça Rubra (Brasil), Circo Mínimo (Brasil), Circo Escola Picadeiro (Brasil), Galpão do Circo (Brasil), Escola de Circo de Londrina (Brasil), Circo Escola Diadema (Brasil), Escola Pernambucana de Circo (Brasil), SP Escola de Teatro (Brasil), Escola Nacional de Circo (Brasil), e Erva Daninha (Portugal). A realização de um documentário sobre as artes circenses faz parte das ações permanentes do Sesc São Paulo também no desenvolvimento das diversas linguagens artísticas.

Sobre o SescTV:

O SescTV é um canal de difusão cultural do Sesc em São Paulo, distribuído gratuitamente, que tem como missão ampliar a ação do Sesc para todo o Brasil. Sua grade de programação é permeada por espetáculos, documentários, filmes e entrevistas. As atrações apresentam shows gravados ao vivo com grandes nomes da música e da dança. Documentários sobre artes visuais, artes cênicas e sociedade abordam nomes, fatos e ideias da cultura brasileira. Ciclos temáticos de filmes e programas de entrevistas sobre literatura, cinema e outras artes também estão presentes na programação.

Serviço

Estreia do documentário na TV: “Circo é… Circo”
Dia: 24/6, sexta, às 20h, no SescTV
Reapresentações: 26/6, domingo, às 8h; 27/6, segunda, às 5h e às 13h; 29/6, quarta, às 5h; e 30/6, quinta, às 17h.
Direção: Daniela Cucchiarelli
Duração: 60 min.
Classificação indicativa: Livre
Realização: Sesc São Paulo

Para sintonizar o SescTV
Canal 128, da Oi TV ou consulte sua operadora
Assista também online em sesctv.org.br/aovivo
Siga o SescTV no twitter: http://twitter.com/sesctv
E no facebook: https: facebook.com/sesctv

Da Redação | Foto Divulgação
Sugestões portalaquitem@gmail.com

Anterior SEM PERDER A IDENTIDADE
Próximo VOCÊ VOLTA AMANHÃ?