Cruzeiro 1 x 0 Botafogo – Uma vitória que vale ouro


Apoiado por mais de 20 mil torcedores, o Cruzeiro conquistou sua primeira vitória no Campeonato Brasileiro. Tetracampeão nacional, o time celeste bateu o Botafogo por 1 a 0, com gol de Dedé, e agora soma quatro pontos na tabela de classificação.

O triunfo foi construído na etapa complementar e o gol do “Mito”, seu décimo com a camisa estrelada, veio de cabeça, após escanteio batido por De Arrascaeta.

Após uma intensa maratona nas últimas semanas mesclando Campeonato Brasileiro e Copa Libertadores, o Cruzeiro terá uma semana livre e volta ao campo apenas no próximo domingo, contra o Sport, mais uma vez no Mineirão, às 11h.

Domingo azul

Antes do início da partida, o time do Sada Cruzeiro deu uma volta olímpica no Mineirão. Uma das melhores equipes de vôlei do mundo ganhou neste domingo de manhã seu sexto título da Superliga e, mais uma vez, fez a alegria da Nação Azul.

No embalo do Mito

O Cruzeiro controlou as ações da partida desde o início. Buscando sua primeira vitória no Brasileirão, Mano Menezes conseguiu repetir o time que goleou o Vasco no meio de semana, pela Copa Libertadores.

Já nos primeiros minutos, a Raposa imprimiu um ritmo forte de marcação, mas conseguiu levar perigo ao gol adversário aos 29 minutos, em forte chute de Thiago Neves, de fora da área, exigindo grande defesa de Jeferson.

Aos 42, foi a vez do uruguaio De Arrascaeta assustar o time visitante. Após longo lançamento de Lucas Silva, o camisa 10 emendou um voleio, mas o chute parou nas mãos do goleiro botafoguense. Nos acréscimos, Léo levou perigo em uma cabeçada que passou rente ao travessão.

Na volta para a etapa complementar, o Maior de Minas começou em cima do adversário. Raniel, que entrou no lugar de Sassá, exigiu boa defesa de Jefferson aos 17 minutos. Logo em seguida, De Arrascaeta aproveitou rebote do goleiro, mas chutou pela linha de fundo.

De tanto martelar, o gol saiu aos 26 minutos. O craque uruguaio bateu escanteio com precisão pela esquerda, Dedé subiu mais alto que todo mundo e fuzilou, de cabeça, marcando o gol da vitória.

Nos minutos finais, a Raposa esteve perto de fazer o segundo gol em contra-ataques puxados por Raniel. Já nos acréscimos, Fábio salvou o time após um cruzamento perigoso, desviado por Dedé. Atento, o camisa 1 espalmou para escanteio.

“Valeu ouro”

O técnico Mano Menezes comemorou bastante o 1 a 0 sobre o Botafogo. Além de primeira vitória no Brasileirão, o comandante celeste considera que o triunfo fecha com chave de ouro as últimas semanas em que a equipe, mesmo jogando pressionada, conquistou resultados importantes.

“Venceu quem jogou melhor, quem teve mais oportunidades e lutou pela vitória. Fizemos algumas faltinhas desnecessárias no começo do jogo. Mas na metade do primeiro tempo trabalhamos melhor a bola, com mais calma. Sabíamos que seria um jogo complicado em função da Libertadores. É diferente você jogar na quarta e o adversário não, especialmente na questão de explosão muscular nas jogadas individuais. O time se superou, pressionou, marcamos o gol e poderíamos fazer mais”, analisou.

Na avaliação de Mano, a semana livre para descanso e treinamentos tem tudo para ser produtiva, já visando ao jogo de domingo, contra o Sport.

“Se essa tranquilidade da semana cheia for para nos recuperarmos, ela será positiva. Vamos trabalhar para que ela seja. A vitória vale ouro, não podia passar de hoje. Senão você vai bem em uma competição e tem que se recuperar na outra. Tem um sabor especial. Ambicionar todo mundo ambiciona. Não adianta pensar lá na frente sem jogar o agora. Logo teremos também a Copa do Brasil, vamos ter que nos adaptar bem, contra um adversário difícil. Temos que aproveitar o momento e podemos render mais”, opinou o treinador estrelado.

CRUZEIRO 1 X 0 BOTAFOGO

Motivo: 4ª rodada do Campeonato Brasileiro
Data: 06/05/2018 (domingo)
Local: Mineirão, em Belo Horizonte-MG
Árbitro: Leandro Bizzio Marinho (SP)
Público pagante: 17.049
Público presente: 20.908
Renda: R$ 391.830,00
Gol: Dedé, aos 26 minutos do segundo tempo
Cruzeiro: Fábio; Lucas Romero, Dedé, Léo e Egídio; Henrique (Bruno Silva), Lucas Silva, De Arrascaeta e Rafinha (Bruno Silva); Thiago Neves (Robinho) e Sassá (Raniel). Técnico: Mano Menezes
Botafogo: Jefferson; Marcinho, Carli, Igor Rabello e Gilson; Rodrigo Lindoso (Kieza), Matheus Fernandes, Renatinho e Leo Valencia (João Pedro); Rodrigo Pimpão (Luiz Fernando) e Brenner. Técnico: Alberto Valentim
Cartões amarelos: Henrique (Cruzeiro); Rodrigo Lindoso, Gilson, Luiz Fernando, Matheus Fernandes (Botafogo)

GOLS DA RODADA

Anterior Grêmio aplica cinco no Santos e vence mais uma em casa
Próximo Barbieri fala de sinergia torcida-time para exaltar momento