RECONVEXO ITINERANTE


Caixa Cultural Brasília recebe a exposição Reconvexo Itinerante. Vídeo-projeções mapeadas e interativas fazem parte da mostra que reúne trabalhos de 14 artistas

A primeira edição da exposição Reconvexo Itinerante, projeto de circulação de obras exibidas no “Reconvexo: Iº Festival Nacional de vídeo-projeções mapeadas e interativas”, realizado no Recôncavo da Bahia, em 2013, chega à CAIXA Cultural Brasília na próxima terça-feira, 8 de setembro. A abertura da mostra, às 19h, terá a apresentação das performances Bits em (re)Construção, de Victor Valentin, e Estereóptico 2.0, de VJ Vigas. Os autores das dez criações expostas, que mesclam artes e projeção de imagens, também estarão na estréia da exposição que fica em cartaz nas galerias Piccola I e II até o dia 8 de novembro.

Idealizado por meio de pesquisas e projetos do artista multimídia Fernando Rabelo, professor do Curso de Artes Visuais da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), o projeto itinerante é realizado pela Ginja Filmes & Produções com patrocínio da Caixa Econômica Federal. O nome Reconvexo surgiu de uma relação poética entre a região do Recôncavo da Bahia e as lentes convexas dos vídeo-projetores.

A exposição coletiva conta com obras/instalações de 14 artistas selecionados através de convocatória nacional, artistas locais e convidados. A mostra homenageia o artista pioneiro da videoarte no Brasil, Eder Santos, e reúne 10 obras, algumas delas interativas. Reconhecido mundialmente por desenvolver projetos que mesclam artes visuais, cinema, teatro, vídeo e novas mídias, Santos apresenta, na Reconvexo Itinerante as instalações Call Waiting e Low Pressure. Obras que tratam poeticamente da liberdade e aprisionamento, como paradoxos contemporâneos.

Os outros trabalhos são de André Amparo, Juliana Teodoro e Alexandre Venera, do Coletivo OpiópticA, Tracy Collins, Eneida Sanches, Isolda Libório, Márcio H. Mota, Darli Nuza e doLaboratório de Artes Digitais, da Escola de Belas Artes (EBA) da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). As obras mesclam beleza, ecologia, música, dúvidas e questionamentos existências com tecnologia, projeções e música.

Oficina e palestra

Dentro da programação de abertura do evento haverá a oficina Introdução à Projeção Mapeada com Software Isadora, ministrada por Fernando Rabelo, e a palestra Portfólio com o VJ Vigas, para os participantes do curso. Isadora é um software de programação modular que permite manipular diferentes plataformas interativas: luz, som, vídeo, câmeras, joystick, MID, comandos por voz, comandos por vídeos, entre outras. Aberta a todas as idades, a oficina propõe o desenvolvimento de projetos, protótipos e testes com vídeo-mapping e exige computador próprio de cada participante. São vinte vagas para o curso que ocorre nos dias 9 e 10 de setembro, com inscrição prévia, e a participação é mediante entrega de 1kg de alimento não-perecível no dia do curso.

Serviço

Exposição: Reconvexo Itinerante: Vídeo-projeções Mapeadas e Interativas
Local: Galerias Piccola I e II CAIXA Cultural Brasília (SBS, Quadra 04, lotes 3/4)
Visitação: até 8 de novembro de 2015, de terça-feira a domingo, das 9h às 21h Classificação Indicativa: livre para todos os públicos
Patrocínio: CAIXA e Governo Federal
Mais informações: www.reconvexo.com.br

Anterior ARTISTAS E ARTESÃOS
Próximo ANIMAÇÃO - FUGU