1º Festival de Cinema Móvel de Brasília abre oportunidade


Filmaê
Filmaê | Foto: Divulgação

Evento cinematográfico, 1º Festival de Cinema Móvel de Brasília, receberá produções realizadas com dispositivos móveis, como celular ou tablet

Filmar pode ser mais fácil do que se imagina. Hoje, com um celular na mão, é possível fazer um filme. Pensando em incentivar os futuros cinéfilos e também adultos aspirantes ao mercado cinematográfico, o 1º Festival de Cinema Móvel de Brasília nasce para estimular o público a fazer cinema sem grandes recursos e com um baixo orçamento, usando apenas um dispositivo móvel, como celular ou tablet.

O festival acontecerá de 16 a 18 de novembro de 2018, no Espaço Cultural Renato Russo (W3 508 Sul). Por lá, os filmes selecionados serão exibidos na sala Marco Antônio Guimarães classificados em cinco gêneros: ficção, documentário, videoclipe, reportagem de mídia alternativa e experimental.

O festival premiará também o melhor filme na posição vertical, melhor filme de Brasília, melhor filme infanto-juvenil (de 8 a 12 anos) e melhor filme juvenil (de 13 a 17 anos). Nesta categorias, os jovens entre 8 e 17 anos vão poder mostrar seus talentos, exercer o olhar cinematográfico e também concorrer.

“Nosso festival incentiva esses jovens a produzirem seus próprios conteúdos, utilizando seus smartphones ou tablets como câmera e também como plataforma de edição. O festival premia o melhor filme produzido por essa turminha”, destaca um dos idealizadores e coordenador do festival, Fernando Campos.

As inscrições gratuitas vão até o dia 15 de outubro pelo site: www.filmae.com.br. Basta entrar no link e escolher a categoria. As produções devem ter de 1 a 10 minutos.

O festival, nos moldes do Festival de Brasília do Cinema Brasileiro, terá também mostra paralela, palestras, oficinas, debates e apresentações musicais.

“Queremos incentivar as pessoas a produzirem e mostrar que é possível, sim, adentrar-se no mercado cinematográfico com um celular na mão”, destaca Campos. “Para garantir uma boa qualidade técnica utilizando o celular na captura das imagens e som, é preciso valer-se de alguns recursos técnicos para deixar o material mais profissional. Um microfone de lapela ou um boom instalado no próprio celular, tripé, iluminação, planejamento e um bom roteiro vão deixar estas produções mais atraentes”, sugere Fernando.

O Filmaê – 1º Festival de Cinema Móvel de Brasília é uma realização da empresa Memória Digital e da Secretaria do Distrito Federal com o patrocínio do FAC- Fundo de Apoio àCultura.

Filmaê
Filmaê | Foto: Divulgação

Luz, celular, ação!

O Filmaê é um festival de cinema dos novos tempos, onde o trabalho duro, a qualidade narrativa e a originalidade da abordagem funcionam sem depender de grandes orçamentos ou das conexões com a indústria tradicional do cinema. O festival proporciona uma janela aberta a talentos cujo reconhecimento não seria possível dentro de uma produção cinematográfica convencional.

Com câmeras cada vez mais modernas, os smartphones ampliaram suas funções de comunicação. Hoje é possível produzir um filme profissional com celulares, tablets e câmeras de ação.

E é a partir desta constatação que Fernando Campos, Guilherme Carvalho e Guilherme Pastana tiveram a ideia de criar o Filmaê – 1º Festival de Cinema Móvel de Brasília, do Brasil e da América Latina. Filmaê, como o próprio nome pede, chama o público para filmar.

No site www.filmae.com.br o público poderá informar-se sobre regulamentos, programação, premiações, espaço para inscrições dos filmes e acesso à votação popular etc.

A mostra competitiva selecionará 40 filmes do Brasil, de brasileiros que residam no exterior ou de estrangeiros que residam no Brasil há pelo menos dois anos. O festival também terá uma mostra internacional não-competitiva que reunirá exemplos expressivos de filmes produzidos com dispositivos móveis no mundo.

Oficinas e debates

O festival contará com quatro oficinas que pretendem mostrar ao público como é possível e divertido criar conteúdos audiovisuais de qualidade utilizando apenas o smartphone ou tablet. São elas: Oficina de produção audiovisual – técnicas de gravação com dispositivos móveis e a utilização de acessórios para smartphones e tablets; Oficina de produção de músicas e trilhas sonoras a partir de smartphones e tablets; Edição de imagens, pós-produção e finalização em tablets e oficina de fotografia e filmagens com smartphones direcionada a participantes da terceiraidade.

O Filmaê fará também uma reflexão sobre a utilização criativa dos dispositivos móveis nos dias de hoje. O painel Quarta Tela terá palestras e debates sobre temas como: Narrativas independentes. O jornalismo militante que utiliza o telefone como câmera e a conexão 4G como canal ao vivo, o uso de dispositivos móveis no jornalismo tradicional e sobre o uso de dispositivos móveis nainfância.

Equipe

FERNANDO CAMPOS – Coordenador Geral
GUILHERME CARVALHO – Produção Executiva
GUILHERME PASTANA – Produção Executiva
RODRIGO MAFRA -Programador Visual
MAURICÍO EUCLIDES DE LIME E BORGES – Designer Gráfico
LUDMILLA VALEJO – Coordenadora Administrativa
CECÍLIA BARROSO – Curadora da Mostra Internacional
BAÚ COMUNICAÇÃO INTEGRADA – Assessoria de Imprensa

Serviço

Filmaê – 1º Festival de Cinema Móvel de Brasília De 16 a 18 de novembro
Local: Espaço Cultural Renato Russo (W3 – 508 Sul) Inscrições e informações: www.filmae.com.br
Entrada e inscrições gratuitas

Anterior NOIVA ESQUELETO DO CIA NÉIA E NANDO NO BRASÍLIA SHOPPING
Próximo ADEGA NA PANELA É TEMA DAS AULAS DE OUTUBRO NO PÁTIO