Diego marca e Flamengo vence o Vitória e segue na luta


O Flamengo reencontrou o Maracanã e também a vitória nesta quinta-feira. Fazendo jogo seguro, o Mais Querido bateu o Vitória, chegou aos 40 pontos e reduziu a vantagem para o líder, que agora é de apenas dois pontos. O próximo compromisso será contra o América, domingo, 16h, no Independência.

O Mengão ditou o ritmo da partida desde o apito inicial. Acoado, o Vitória não conseguiu reduzir os espaços e as oportunidades para o Flamengo apareceram naturalmente. Na melhor delas, Henrique Dourado bateu firme de direita para grande defesa do goleiro.

O meio-campo funcionou bem envolvendo o adversário a todo momento. O gol virou questão de tempo. Após boa conclusão de Lucas Paquetá, Diego, no rebote, colocou lá dentro.

Já no segundo tempo, com a vantagem no marcador, o Mengão administrou o ritmo. Mesmo assim permaneceu no campo de ataque gerando diversas oportunidades.

Marlos, que entrou na vaga de Vitinho, quase marcou um gol de placa após driblar quatro adversários pra delírio dos mais de 50 mil presentes. Lincoln ainda sofreu pênalti em jogada duvidosa, que a a arbitragem não assinalou. Na defesa, Diego Alves fez apenas uma intervenção.

Destaque do jogo, Everton Ribeiro elogia comprometimento tático do time em campo

Everton Ribeiro não marcou, mas deixou o campo do Maracanã celebrado como um dos melhores do triunfo por 1 a 0 sobre o Vitória, pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro, nesta noite de quinta-feira. O camisa sete infernizou a zaga baiana pelo lado direito com infiltrações, passes, lançamentos e dribles, muitos dribles, principalmente para cima do lateral esquerdo Marcelo Benitez.

Após o jogo, Everton comentou sobre como foi a vitória, magra no resultado, mas completamente condizente com o que foi visto em campo. O Flamengo apertou o Vitória em seu campo e deu poucas chances ao rival. Tudo dentro do esquema que Mauricio Barbieri montou.

“Foi um jogo difícil onde a equipe deles tentou se fechar e pegar a gente no contra-ataque. Mas fomos um time equilibrado, sabendo não poderíamos dar essa arma a eles. Fomos com paciência, trocando o passe até conseguir o gol. Estão todos de parabéns pela entrega e a Nação pelo show de hoje”, comentou o meia.

Everton foi bastante acionado em campo. Além de quatro dribles, deu três assistências, um lançamento e acertou 47 passes. Satisfeito com a vitória, Everton já deixou o recado que o pensamento mudou e o foco agora é o próximo desafio, contra o América-MG, domingo (26), no Independência, em Belo Horizonte, às 16h.

“O jogo passou e agora pensamos exclusivamene no América. O foco no Brasileiro é total. Depois disso vamos pensar no Cruzeiro”, finalizou Everton.

Anterior Atlético pressiona 90 minutos, mas empata com o Vasco
Próximo Marketing ajuda mercado imobiliário a driblar crise