Distritais comemoram aprovação de dissídio coletivo de vigilantes


Efeitos devem retroagir a 1° de janeiro de 2018 | Foto: Carlos Gandra

Um dos temas mais comentados na sessão ordinária da Câmara Legislativa do Distrito Federal desta terça-feira (2) foi a aprovação do dissídio coletivo dos vigilantes, ocorrido ontem à noite no Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 10ª região. O deputado Chico Vigilante (PT) destacou a vitória dos trabalhadores após dois anos sem reajuste e até com empresas deixando de pagar tíquete alimentação.

De acordo com o deputado, o TRT ainda determinou que os efeitos financeiros devem ser retroativos ao dia 1º de janeiro deste ano. Vigilante elogiou a decisão dos desembargadores e a atuação dos advogados do sindicato dos vigilantes.

O deputado Wasny de Roure (PT) considerou importante a decisão do Tribunal, ressaltando a luta da categoria em defesa dos seus direitos. Wasny também elogiou a postura do colega distrital pela garantia dos direitos dos trabalhadores, em especial dos vigilantes.

Apelo

Já o deputado Joe Valle (PDT) fez um apelo da tribuna da Câmara cobrando do GDF o repasse de recursos para as instituições que prestam serviços sociais e assistenciais. Segundo ele, a situação é muito grave com atrasos recorrentes nos repasses dos recursos, apesar dos reiterados pedidos e alertas feitos ao governo.

Valle citou o caso da instituição CEAL, que de acordo com ele, está correndo o risco de fechar suas portas, depois de 50 anos de bons serviços prestados. Joe Valle disse que a instituição está há 3 meses sem receber recursos, apesar do dinheiro do ministério da Saúde já estar disponível nas contas do GDF. O parlamentar afirmou que a situação demonstra uma “incapacidade de gestão nunca antes vista”.

Saúde

Outro assunto abordado durante a sessão ordinária foi a situação da saúde pública no DF. Na opinião do deputado Ricardo Vale (PT), “a saúde pública do DF está falida”. Vale disse que visitou o Hospital Regional do Gama na última sexta-feira e ficou estarrecido com a situação encontrada.

O distrital afirmou que o caos da saúde piorou muito no atual governo e lamentou o descaso com que os pacientes estão sendo tratados no pronto socorro e na cardiologia do hospital. Ricardo Vale acredita que o caos é provocado por uma “péssima gestão”.

Democracia

Os deputados Chico Vigilante, Prof. Reginaldo Veras (PDT) e Prof. Israel (PV) também falaram sobre o cenário eleitoral nacional e no DF. Prof. Israel defendeu a importância da democracia, modelo que, segundo ele, “dá trabalho, mas assegura a participação de todos”. Para ele, “o Legislativo é o poder que garante a democracia, representando toda a sociedade”.

Anterior Piloto brasiliense de kart se destaca na cena esportiva
Próximo CANTUCCI APRESENTA MENU ESPECIAL PARA O OUTUBRO ROSA