EXPOSIÇÃO ARTES SUSTENTÁVEIS


J Claut: artes plásticas sustentáveis em Samambaia/DF

Samambaia, 12ª região administrativa do Distrito Federal, é farta de artistas que buscam oportunidades para desenvolver seus trabalhos. Paradoxalmente, a população pouco ou nada usufruir dessa arte que, em geral, desconhece e nem imagina existir na região. Esta reportagem visa ‘juntar a fome e a vontade de comer’, apresentando o artista plástico J Claut, à população em geral, ‘faminta de arte’.

J Claut, José Cláudio Carvalho, nasceu a 06/04/1978, em Tabira/PE. Chegou a Samambaia em 1989, com sua família, onde mora até hoje, na QR 314/06/11. Ali ele recicla materiais orgânicos (palha de bananeira, caroço de manga, cabaças, sementes…) e inorgânicos (metais, plásticos, vidros, madeiras, tecidos…) na elaboração de suas obras. “Sempre quis ser artista, e sou”, diz ele.

‘Natureza e Diferenças’ é como J Claut denomina seu projeto artístico com temáticas sociais questionadoras da discriminação de raça, gênero, classe, idade, etc. Contrapõe ‘o baixo astral’ com alegria, cores, amor, união, brasilidade e visões místicas. A técnica, mais mista impossível: “aproveito diversos materiais, orgânicos e inorgânicos, sobre diferentes suportes, com vários tipos de colas e tintas”, explica.

J Claut trabalha em casa, onde mostra e vende suas obras de arte, se valendo da internet. Faz exposições e demonstrações ao vivo, como ocorreu no ‘Corredor Galeria de Arte’, da Administração Regional – RA XII/DF, e no evento ‘Samambaia vai ao CONIC’, em abril de 2015. Integra-se a projetos como o ‘Do Lixo ao Luxo’, realizado no Colégio CCI. Expõem em órgãos públicos, feiras, embaixadas, galerias…

Repórter: Élton Skartazini

Anterior LIQUIDECORA CASAPARK
Próximo LEIA NO DIA DO ROCK