Fogão vence com gols de Carli e Aguirre e chega a 25 pontos


Em uma partida crucial para o Botafogo no Brasileirão, o time entrou concentrado focado desde o início em obter o resultado positivo. No primeiro tempo, teve mais bola e chances, porém não conseguiu abrir o placar.

A melhor oportunidade veio logo aos 3 minutos, quando Luiz Fernando cruzou e Igor Rabello, livre, cabeceou para fora. O zagueiro novamente levou perigo aos 6, com cabeçada por cima.

O Sport ameaçou duas vezes, com chutes perigosos de Rogério, mas foi só. O jogo era todo do Botafogo. Aos 10, Brenner arriscou de longe para fora. Aos 12, Gilson invadiu pela esquerda, cruzou rasteiro e Magrão cortou antes de Erik chegar.

Um lance polêmico aconteceu aos 25. Jean tentou o drible, a zaga cortou para trás, Luiz Fernando entrou no área e tocou no canto, sem chances para Magrão. A arbitragem apontou impedimento em um lance de toque para trás do jogador do Sport, em erro grosseiro.

Outra grande oportunidade veio aos 29, quando Brenner finalizou de voleio, Magrão espalmou e Carli não conseguiu guardar no rebote. Já aos 42, Luiz Fernando entrou driblando e chutou, com desvio, para fora.

No segundo tempo, o Botafogo rondou a área e pressionou. A primeira chance foi cobrança de falta de Leo Valencia, na barreira. Aos 11, o chileno recebeu de Erik na área, limpou para a direita e bateu firme, Magrão espalmou. Rabello e Marcinho finalizaram para fora.

Até que aos 16 saiu o gol! Leo Valencia cobrou escanteio rápido, Luiz Fernando se desmarcou e cruzou forte para Carli cabecear para a rede! Botafogo 1 x 0 Sport!

Em vantagem, o Fogão abusou dos contra-ataques e até perdeu chances. Brenner recebeu de Erik, invadiu e finalizou, mas Magrão tirou. Luiz Fernando chutou colocado da entrada da área, Magrão espalmou. Aos 38, Aguirre mandou por cima.

O gol para matar o jogo veio aos 39. Jean roubou bola no meio, avançou e tocou para Aguirre finalizar na saída de Magrão! Botafogo 2 x 0 Sport!

Anterior Corinthians bate Paraná Clube pelo Brasileiro na Arena
Próximo Em São Januário Maxi brilha e Vasco vence a Chapecoense