Venda da bebida continua em alta e tendência é ser ainda maior

Os brasileiros estão consumindo muito mais vinho do que anos atrás. E ao que tudo indica a tendência é continuar aumentando a quantidade da bebida consumida por habitantes, ou seja: o mercado de vinhos, tanto com rótulos nacionais quanto estrangeiros, está a todo vapor. Isso é o que reforça um levantamento da Ibravin, Instituto Brasileiro do Vinho, que mostrou, entre outros, um crescimento de 142.384.337 litros consumidos somente nos primeiros meses do ano passado.

Mas, afinal, quando é que o brasileiro consome vinho? A resposta é: em qualquer época do ano. Pode parecer que não, mas como o Brasil tem clima muito quente na maior parte do ano, não há exatamente um momento em que as pessoas se dedicam mais à bebida. Esse é o caso, por exemplo, dos espumantes e vinhos do tipo rosé, que são muito apreciados nos períodos mais quentes, e os vinhos tintos, comprados em todos os meses, mas, principalmente nos mais frios.

Uma curiosidade é a questão de, apesar do calor, os vinhos tintos estarem sempre no topo das vendas. Segundo o levantamento, no primeiro semestre de 2017 foram vendidos mais de 76 milhões de litros no Brasil, colocando o vinho tinto como o grande queridinho dos brasileiros. Para João Ururahy, sócio-fundador da House of Wine, loja de vinhos e espumantes, “é notável que nossos clientes realmente gostam e apreciam mais os vinhos tintos, seja no calorão do Rio de Janeiro ou nos dias mais frios. Por isso, os rótulos desse tipo da bebida são uns dos que mais disponibilizamos para o público. Nós estamos muito confiantes de que o período da Copa movimente bastante o negócio, pois é um momento de grande interação e festas entre amigos e familiares e onde as pessoas mais investem na compra de aperitivos e bebidas em geral”, comenta.

Mas não há como negar que datas comemorativas como o Dia dos Namorados, Festas de Fim de Ano, aniversários e as férias de janeiro e julho são realmente os períodos em que as pessoas estão mais propensas a levantar as taças com boas doses de vinhos nacionais ou internacionais. Aliás, é importante ressaltar que a procura pela bebida produzida no exterior tem aumentado também: notou-se um aumento de quase 40% na vinda dos vinhos de outros países para as estantes brasileiras.

Para Ururahy, “é preciso que o comerciante saiba realizar promoções para datas comemorativas e estimule seus clientes e consumirem bebidas com bons rótulos de acordo com as estações do ano”, que complementa: “é superimportante que a gente mostre para os brasileiros que o vinho é uma bebida deliciosa e acessível que pode ser consumida com regularidade”, finaliza.

Sobre a House of Wine

Fundada por quatro sócios, João Ururahy, Marcus Simões, Octavio Rangel e Leonardo Rocha, a House of Wine está situada no Shopping Barra Point, no Rio de Janeiro, e tem como conceito principal oferecer os melhores rótulos de vinhos e espumantes, para serem degustados em um ambiente aconchegante, que possibilita uma verdadeira experiência para o cliente. Além disso, ainda possui o Clube do Vinho, Vamos de Vinho, com a entrega de dois rótulos por mês de acordo com o plano do assinante.

Anterior
Próximo Valisere lança preview de Inverno 2018