MÚSICA INSTRUMENTAL LIVRE


Músico brasiliense Felipe Vieira faz série de shows na capital e contempla jovens da rede pública e cidades satélites

Mais do que lançar um disco, um artista precisa de público para se apresentar. Foi pensando nisso que nasceu o projeto Recital Didático, que levará música instrumental para os alunos da rede pública de ensino do DF. A ideia nasceu da cabeça do saxofonista, pianista, produtor musical e compositor, Felipe Vieira, após lançar o seu primeiro disco, “Candango” (2013). O projeto foi comtemplado pelo Fundo de Apoio a Cultura do Distrito Federal, o FAC.

A primeira fase do projeto com aulas e apresentações nas escolas já foi finalizada. Agora, os alunos que se destacaram serão convidados para um show especial no Teatro dos Bancários, nos dias 20, 21 e 22 de junho, em duas sessões, às 9h e às 15h.

Foram contemplados 200 jovens de escolas da Ceilândia e São Sebastião, que terão a oportunidade de ver um show muito especial do Felipe Vieira, pois além de mostrar as músicas o artista também fala sobre o estilo, traz dicas e curiosidades sobre o tema, conta sobre a história da música instrumental e claro, fala sobre o seu disco “Candango”. As crianças e os adoslecentes receberão transporte e alimentação numa parceria com a ONG, ISBET.

“A ideia do recital didático era não só apresentar a música instrumental como também falar sobre ela, aprender sobre ela. Muita gente nem sabe q existe música sem letra e que lugar melhor para implementar esse tipo de conhecimento do que na escola?”, explica a coordenadora do projeto Naiara Lira.

Como apontou Naiara, não é fácil trabalhar com música instrumental, mas Felipe encara o desafio:

“Música sem letra leva a pessoa diretamente para a linguagem musical. Precisamos ‘atacar’ com a emoção, já que hoje em dia o déficit de atenção é um fenômeno espalhado pela sociedade, bombardeada de marketing e manipulação das massas. É um desafio. No entanto, vale a pena embarcar nessa aventura, pois o que se ganha é a liberdade das ideias pré-fixadas e um espaço livre de sons e harmonias, no qual cada criança pode criar sua própria realidade”.

O centro de toda a programação é disco “Candango”, fortemente inspirado em Brasília. Com canções de nomes como “Esplanada”, “Setor de Clubes Sul” e “Torre de TV”, o álbum tem essa ligação intrínseca com a cidade e busca fortalecer a identidade dessa cidade tão nova que é a capital federal. Ele ainda conta com a participação de cantores convidados e de poemas de Nicholas Behr.

Confira a programação completa de shows

20, 21 e 22/6 – às 9h e às 15h, no Teatro dos Bancários (fechado ao público)
23/6 – às 15h – Show no Centro de Ensino Especial para Deficientes Visuais (apenas para os alunos)
24 e 25/6 – às 14h30 – show na rua
​na Rodoviária do Gama. ​
1 e 2/7 – às 14h30 – show na rua na feira permanente de São Sebastião.
8 e 9/7 – 14h30 – show na rua ao lado da feira da Ceilândia.
Toda a programação é gratuita e livre para todos os públicos.

Para ouvir o disco, entre no site: http://www.felipevieira.mus.br/

Anterior EXPO ARTESANAL NO ALAMEDA
Próximo DRINQUE EXCLUSIVO