O que você sabe sobre o envelhecimento precoce?


Hidrate a pele
Hidrate a pele | Foto: Divulgação

Verão com mais de 30 graus, calor, mar e piscina: um cenário perfeito para aqueles que adoram tomar sol em qualquer horário do dia. No entanto, você sabia que essa prática de se expor, em períodos prolongados ao sol e sem proteção solar, pode acarretar no envelhecimento precoce da pele?

Como a pele é o órgão que mais reflete os efeitos da passagem do tempo, sua saúde e sua aparência estão diretamente relacionadas aos hábitos alimentares e ao estilo de vida escolhido. Dentre eles, a radiação ultravioleta, o excesso do consumo de álcool, o abuso do tabaco e a poluição ambiental, são fatores que “aceleram” o trabalho do relógio biológico. Além disso, o aumento do peso corporal e dos níveis de açúcar no sangue também colaboram para a pele envelhecer antes do tempo.

Podemos considerar como envelhecimento precoce quando ocorre o surgimento ou o agravamento de rugas e linhas de expressão, flacidez excessiva, surgimento de manchas causadas por excesso de sol e outros sinais que não condizem com a faixa etária da pessoa.

O ingrediente mais importante de todos é a prevenção, principalmente do fotoenvelhecimento. E sem dúvida nenhuma é necessário o uso do filtro solar, mesmo em dias de frio e com chuva, deve-se aplicar um protetor solar com FPS 30 (ou superior) não apenas no rosto, mas em toda pele que não esteja coberta por roupa como: mãos, pescoço, nuca, orelhas, pés e braços.

Se houver muita exposição solar ou suor excessivo, o produto deve ser reaplicado regularmente, de preferência a cada três horas. É necessário ficar na sombra nos horários de sol forte e complementar com óculos, roupas e chapéus apropriados. Beber no mínimo dois litros de água por dia, já que além de hidratar ela facilita a eliminação de toxinas que contribuem para o envelhecimento da pele.

Limpar a pele duas vezes ao dia (pela manhã e à noite) é necessário, uma vez que o acumulo de resíduos de suor, da poluição, da maquiagem e de outras substâncias provocam a obstrução de poros e o surgimento de rugas.

Mesmo as pessoas que já tenham sinais de envelhecimento prematuro, podem se beneficiar ao mudar o estilo de vida. Por tanto, também se recomenda parar de fumar, adquirir uma alimentação balanceada, praticar exercícios físicos regularmente e procurar ter uma boa noite de sono. Com essas dicas, é possível manter sempre a pele saudável e jovial, tanto do corpo quanto do rosto.

E por fim, faça visitas regulares ao seu dermatologista para que ele possa checar se você realmente está com um quadro de envelhecimento precoce, ou se é apenas falta de algum tipo de vitamina, questão hormonal e até mesmo para identificar possíveis cânceres de pele. Cuide da sua saúde!

* Dra. Elisa Campos Adolfo Queiroz, é médica dermatologista do Trasmontano Saúde

Anterior Vale doará R$ 80 milhões para Brumadinho ao longo de 2 anos
Próximo Saúde apresenta avanços nos 30 primeiros dias da nova gestão