O SILÊNCIO DO MUNDO


Ingressos para o Espetáculo “O Silêncio do Mundo” já estão à venda, por duas semanas, a apresentação conta a história de uma velejadora que larga a vida em terra firme e vai dar uma volta ao mundo, sozinha. Estreia será no dia 18.

Os ingressos para o espetáculo “O Silêncio do Mundo” já estão à venda na bilheteria do CCBB ou no site Ingresso Mais. As entradas têm custo de R$ 5 a meia e R$ 10 a inteira. A montagem será exibida por duas semanas, de 18 a 21 e de 25 a 28 de fevereiro, sempre às 20h. Os espectadores ainda poderão conferir um bate papo, no último sábado do espetáculo (27), às 17h, com a atriz, bailarina e idealizadora do projeto Juana Miranda, a velejadora profissional Christina Amaral, convidada pela produção e diretores.

Imagine você na sua rotina e, de repente, largar tudo e viver uma viagem em um barco a vela? Agora pense essa viagem como sendo a chance de refletir sobre a vida, de descobrir caminhos, de se aventurar e até mesmo, de se redescobrir, nesse mundo infinito? Para os amantes de uma vida sem rotinas, a apresentação é um convite a sentir os prazeres da natureza.

O texto do espetáculo é de criação da dramaturga Renata Mizrahi, que se inspirou na ideia de duas velejadoras que largaram a vida da cidade grande, atrelado ao fato de uma experiência pessoal em uma viagem às montanhas de Machu Pichu, no Peru, o qual descreve o lugar no fato de “lidar com o desconhecido”, assim como as vivenciadas pelas velejadoras em alto mar. A dramaturga conta algumas particularidades que deram a vida ao espetáculo, como o fato das próprias velejadoras, em seus relatos, falarem sozinhas durante as viagens. “É um momento em que você se sente liberto, fala algo que você quer, sem o julgamento de valor das pessoas”.

Renata descreve a viagem como sendo um momento de conversa com a natureza, e de repensar momentos marcantes da vida. “O que acontece é que, mesmo no mar, a personagem não estará sozinha, ela conversa com a natureza, com os barcos ao redor, uma forma de liberar a mente para outros pensamentos”, descreve a dramaturga.

Opinião semelhante é a compartilhada pela cenógrafa Maíra Carvalho, que descreve o espaço utilizado como uma novidade no CCBB, já que grande parte do palco será retirada para dar a sensação de “infinitude”. “O que as pessoas podem esperar é que, ao mostrar o movimento velejador, o barco traga a forma mais próxima de movimento no mar, em momentos de instabilidade, insegurança, fragilidade, valendo-se ao mesmo tempo do recurso do flashback, o qual a personagem vai voltar as suas memórias, neste tempo em que estiver em movimento”, ressalta Maíra.

O Silêncio do Mundo destaca-se ainda por trazer o protagonismo de uma mulher velejadora. “São pouquíssimas as mulheres, no mundo inteiro, que tomaram a frente de uma aventura como essa e deram uma volta ao mundo em solitário”, conta Juana Miranda, idealizadora do projeto, que não por acaso escolheu o tema da peça. Em 2015, com o projeto já tomando andamento, a equipe teve o conhecimento que a primeira mulher brasileira, Izabel Pimentel, havia finalizado uma volta ao mundo em solitário, em 2014. A equipe então teve contato com outras mulheres velejadoras que fizeram trechos em solitário, como Christina Amaral, que, a convite do projeto, estará em Brasília para participar do debate aberto ao público no último final de semana da temporada.

O espetáculo é um solo onde as linguagens do cinema, do teatro e da dança se juntam para contar a história de uma mulher de classe média que resolve largar uma vida confortável e um bom emprego e velejar sozinha durante meses. Em um misto de medo e coragem, felicidade e melancolia, ela chega a seu limite físico e emocional e decide desistir de tudo. Mas já é tarde. Regressar é o caminho mais longo. Face a face com o seu eu interior, a solidão, o medo e a angústia, a aventura mostra a ela a possibilidade de seguir em uma jornada sem volta ao encontro de si mesma.

Serviço

Espetáculo “O silêncio do mundo”
Quando: de 18 a 21 de fevereiro e de 25 a 28 de fevereiro
Horários: Todos os dias às 20h e com sessão extra no dia 28 às 17h
Bate papo com Juana Miranda, Christina Amaral e diretores: dia 27 de fevereiro, às 17h
Onde: CCBB Brasília – SCES, Trecho 02, lote 22
Valores: R$ 10 a inteira e R$ 5 a meia.
*Sujeito à lotação
Vendas: CCBB Brasília, a partir do dia 6 de fevereiro, e pelo site www.ingressomais.com.br.
Mais informações: (61) 8120 – 0697
Classificação indicativa: 14 anos
Capacidade: 327 pessoas

*A venda dos ingressos se iniciam dois domingos antes para os eventos da semana e podem ser adquiridos na bilheteria do CCBB de quarta a segunda, das 9h às 21h, ou pelo site www.ingressomais.com.br.

Da Redação | Foto Diego Bresani
Sugestões portalaquitem@gmail.com

Anterior TRANSFORMERS NO SHOPPING
Próximo JORNADA DAS DOENÇAS RARAS