Plataformas C e D da Rodoviária do Plano terão mudanças


Passageiros que pegam ônibus nas Plataformas C e D da Rodoviária do Plano Piloto terão os pontos de embarque e desembarque alterados a partir deste domingo (2). Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília

Pontos de embarque e desembarque serão alterados devido a obras, e as linhas de ônibus, realocadas. Para orientar os passageiros, DFTrans distribuiu material informativo dentro dos coletivos e no terminal

Passageiros que pegam ônibus nas Plataformas C e D da Rodoviária do Plano Piloto terão os pontos de embarque e desembarque alterados a partir deste domingo (2).

A Plataforma C, que passou por obras, será liberada, e a Plataforma D ficará parcialmente interditada.

Com as mudanças, as linhas serão redistribuídas: as que originalmente funcionavam na Plataforma C voltam para ela.

São coletivos das empresas Marechal e São José que têm como destino Brazlândia, Ceilândia, Guará, Taguatinga e Vicente Pires.

As que circulam nos Boxes D1, D2, D3 e D4 serão realocadas entre os demais Boxes da D, na F e na C (veja o quadro abaixo). São veículos da Urbi, que fazem o trajeto do Plano Piloto para: Samambaia, Recanto das Emas e Riacho Fundo I e II.

A Rodoviária do Plano Piloto tem seis plataformas. A D é a quarta a passar por reforma. A obra é de responsabilidade da Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap), que estima concluir essa etapa em três meses.

O diretor-técnico do Transporte Urbano do Distrito Federal (DFTrans), Guilherme Fernandes, explica que a intervenção é dividida em fases para não inviabilizar o funcionamento operacional e causar o menor transtorno possível aos usuários.

Para orientar os passageiros, o DFTrans distribuiu cartazes dentro dos ônibus e na rodoviária. Funcionários das concessionárias do transporte público também receberam as informações.

Anterior Sábado é lembrado o Dia Mundial de Luta Contra a Aids
Próximo Concluída doação de terreno a Ministério Público