PROBLEMAS DENTÁRIOS + COMUNS


Especialista da Clínica Cruciol, parceira do Hospital Anchieta, explica os problemas dentários mais comuns. Cárie, mau hálito e gengivite são três dos principais motivos para marcar uma consulta no dentista

Um dos órgãos mais expostos a infecções é a boca. Ela está suscetível a vários problemas, como mau hálito, cárie e gengivite: três das principais doenças que levam as pessoas a marcarem uma consulta com o dentista. Na maioria dos casos, a má higienização é o que mais afeta a saúde bucal.

Cárie

Para evitar esta doença, é importante ter uma boa higiene, principalmente no que diz respeito à escovação. O tratamento do problema pode ser doloroso e só pode ser feito em um consultório odontológico. Depois de remover a área afetada, o profissional preenche o local com resina, liga de prata ou porcelana. À medida que o paciente fica mais velho, cáries em volta das restaurações e na raiz dos dentes se tornam mais comuns.

“As manchas brancas nos dentes são o início da formação da cárie. Muitas vezes essas lesões são reversíveis. A partir delas começa a descalcificação do esmalte do dente, formando cavidades e deixando o dente escuro. Neste estágio, o paciente apresenta dores e o tratamento deve ser feito com restaurações”, explica o cirurgião-dentista Saul Cruciol, da Clínica Cruciol.

Gengivite

É a inflamação causada pela placa bacteriana que se forma na margem da gengiva. Os alimentos moles e pegajosos tendem a ficar presos entre os dentes, produzindo mais placa. A escovação e o uso do fio dental são importantes para evitar este problema. Se elas não forem removidas, produzirão toxinas que irritam o tecido gengival, causando a gengivite. É possível observar algum sangramento durante a higienização.

“É importante fazer uma visita regular ao dentista, para o especialista avaliar a situação. A falta de cuidados pode causar diversos danos, inclusive perda de dente”, pontua o especialista.

Mau hálito

Existem mais de 60 causas para o mau hálito e cerca de 90% estão associadas a problemas bucais. A cárie; a doença periodontal e a falta de higienização contribuem com a doença. As bactérias que existem na boca quebram os restos de alimentos que ficam acumulados na língua, entre os dentes e na gengiva, liberando substâncias com forte odor.

Uma alimentação apropriada também é requisito básico para a manutenção de dentes e gengivas saudáveis. Verduras e frutas ajudam a limpar os dentes e tecidos gengivais, além de oferecer nutrientes e minerais para que permaneçam resistentes a infecções.

Da Redação | Foto John Download
Sugestões portalaquitem@gmail.com

Anterior NOVIDADES EM JULHO DO NOW
Próximo NA PRAIA ESTREIA EM BRASÍLIA