RAPPORT CAFÉS ESPECIAIS E BISTRÔ


Com um ar intimista e charmoso, o Rapport Cafés Especiais e Bistrô (201 Sul) é vizinho ao movimentado Setor Bancário Sul e apresenta um espaço que é um refúgio acolhedor, seja para um café especial, um saboroso almoço executivo, lanche ou uma happy hour.

Em um ambiente que combina informalidade e elegância, a casa apresenta uma programação cultural voltada à música instrumental aos fins de semana. O destaque dessa semana é o cantor Fábio Cavanha que estará acompanhado por Jorge Bittar, nos teclados e baixo sintético e o consagrado Célio Maciel na bateria eletrônica, músicas internacionais estarão no repertório do grupo.Confira a agenda de 28 e 29 de abril de 2017.

SEXTA-FEIRA (28 de abril, das 19h às 22h) – A casa recebe o duo Blues de Bolso, composto por Bemol (violão e voz) e Haroldinho Mattos (guitarra e voz). Os músicos são referência na cidade e membros fundadores do Grupo Oficina Blues. Haroldinho é guitarrista, compositor e luthier. Já Bemol é violonista, baixista, compositor e cantor. Nesta semana, apresentam um repertório vasto, com sucessos como Got My Mojo Working (Muddy Waters), Hard Times (Ray Charles), Come Together (Beatles), além de músicas próprias, como Blues da Criação e Testamento. Couvert: R$ 10,00. Classificação indicativa: livre.

SÁBADO (29 de abril, das 19h às 22h) – Pela primeira vez na casa, o músico e cantor Fábio Cavanha (violão) apresenta o show Passport, acompanhado de Jorge Bittar, nos teclados e baixo sintético, e de Célio Maciel, na bateria eletrônica. Os músicos, todos brasilienses, trazem um repertório de músicas internacionais como Wild World (Cat Stevens), Wonderwall (Oasis) e Viva la Vida (Coldplay), tudo com uma releitura intimista e descontraída. Couvert: R$ 10,00. Classificação indicativa: livre.

Rapport Cafés Especiais e Bistrô
CLS 201, Bloco B, Loja 9, Asa Sul – Brasília/DF. Reservas: (61) 3322-0259. De segunda a quinta-feira, das 12h às 22h; às sextas-feiras, das 12h às 23h. Sábado, das 14h às 23h.

Anterior E MAISEVENTOS DIA INTERNACIONAL DA DANÇA
Próximo TRABALHADORES E SEU COTIDIANO