O Real Madrid já está nas quartas de final da Champions League após derrotar pela segunda vez na eliminatória o PSG. Os blancos impuseram a sua lei, a de vigente campeão europeu, a da equipa que ganhou três das quatro últimas Champions. Deram uma lição de solidez defensiva na primeira metade, que terminou sem golos, e demonstraram o seu poderio ofensivo na segunda.

O início foi emocionante e os ataques eram constantes nas duas áreas. A primeira ocasião foi para os visitantes. Centrou Asensio aos 10’ e a bola, depois de desviar em Marquinhos, quase entrava mas Areola agarrou o esférico sobre a linha de golo. As duas jogadas seguintes de perigo do Madrid foram mais claras. Marcaram um canto à maneira curta aos 18’, voltou a centrar Asensio e apareceu Ramos para rematar com o pé esquerdo. A estirada de Areola salvou o PSG. Tal como aconteceu 20 minutos mais tarde. Frente a frente um pouco descaído para a faixa lateral de Benzema e brilhou de novo o guarda-redes da equipa da casa. Já aos 43’, a equipa francesa criou a sua jogada de maior perigo até ao descanso, mas o disparo de Mbappé na área teve como resposta uma grande intervenção de Keylor Navas.

Marcou Cristiano Ronaldo

O Real Madrid tinha realizado um grande trabalho durante os primeiros 45 minutos e entrou igualmente concentrado após o intervalo. Apesar de nova pressão da equipa da casa, quase se adiantava no marcador. Centro de Marcelo aos 50’ e o remate de cabeça em prancha de Cristiano Ronaldo não encontrou a baliza por muito pouco. Mas marcou dois minutos depois. Espectacular passe de Asensio para a desmarcação de Lucas Vázquez e o centro deste com o pé esquerdo foi aproveitado pelo português para fazer o 0-1 de cabeça.

CRISTIANO RONALDO MARCA HÁ 9 JOGOS CONSECUTIVOS NA CHAMPIONS LEAGUE (15 GOLOS)

O PSG precisava de três golos para levar o jogo para prolongamento e o Real Madrid soube interpretar a nova situação do encontro e tornou o campo ainda maior através da posse de bola. Tudo ficou mais difícil com a expulsão de Verratti por duplo amarelo aos 66’. Três minutos mais tarde os blancos podiam ter ampliado a vantagem. Passe atrasado de Benzema e o remate de Asensio dentro da área acertou no poste.

Empatou Cavani

O Real Madrid tinha a eliminatória controlada mas numa jogada de insistência empatou Cavani. Centrou Di María no minuto 71, Thiago Silva, ao segundo poste, colocou o esférico na área e rematou Pastore. A bola bateu em Casemiro e depois no avançado uruguaio antes de terminar no fundo das redes.

Casemiro selou a passagem

O tento deu novo alento aos da casa mas Casemiro, aos 80’, encarregou-se de selar a qualificação dos blancos. Centro atrasado de Cristiano Ronaldo e apareceu o brasileiro para rematar de pé direito. O esférico desviou em Marquinhos e surpreendeu Areola. O Real Madrid já estava nos quartos e apenas os postes evitaram que conseguisse uma vantagem maior. Primeiro foi após um centro de Bale aos 83’ e disparo de Lucas Vázquez na pequena área. A segunda vez, um minuto depois, num potente remate de Cristiano Ronaldo. O campeão europeu superou o PSG nos dois encontros e vai estar no sorteio dos quartos.

Anterior Páscoa: pode comer chocolate, mas com moderação
Próximo Com gol de Rodrigo Pimpão, Fogão vence e chega a 9 pontos