Qualifica Mais Brasília oferece inscrições até maio


Qualifica mais Brasília
Ao todo, são 29 cursos de capacitação disponível | Foto: Andre Borges/Agência Brasília

Mais de 8,2 mil pessoas já se formaram na atual etapa do programa, iniciada em julho passado

Interessados em fazer os cursos da segunda edição do Qualifica Mais Brasília têm até maio deste ano para se inscrever pelo portal. Uma vez cadastrado, o aluno precisa concluir a capacitação em até 60 dias.

Esta etapa teve início em julho de 2017. Desde então, 8.291 das 24.467 pessoas inscritas se formaram nos 29 cursos disponíveis. Os números são de relatório da pasta responsável pelo programa, a Secretaria do Trabalho, Desenvolvimento Social, Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos.

Segundo o subsecretário de Atendimento ao Trabalhador e Empregador da pasta, Gerson de Paula, por se tratar de ensino a distância, a evasão no Brasil ainda costuma ser comum.

“Sem contar que existem alunos que demoram mais para concluir as aulas. Pode ser que tenhamos 10 mil pessoas no processo da qualificação que ainda vão se formar.”

Como participar do Qualifica Mais Brasília
As capacitações são gratuitas e a distância. Não há limite de alunos. Só é necessário ter escolaridade compatível e disponibilidade para se dedicar aos estudos. Depois de imprimir um certificado, já é possível se inscrever novamente, sem limite de qualificações por pessoa.

Com duração de 40 a 160 horas-aula, os cursos são divididos em três módulos de profissionalização, de acordo com o perfil do interessado:

Para os que almejam uma posição no mercado de trabalho
Para os que estão empregados e querem se atualizar
Para os que desejam empreender
Quem não tem acesso à internet pode usar laboratórios equipados nas Agências do Trabalhador do Plano Piloto e de Taguatinga, na Fábrica Social e na Casa da Mulher Brasileira.

Primeira edição do Qualifica Mais Brasília teve 11,4 mil certificados
Segundo o relatório da Secretaria do Trabalho, 30.910 pessoas se inscreveram na primeira edição, em 2016. Do total, 11.459 se certificaram, a maioria (88,65%) com idade entre 16 a 40 anos.

Para a segunda edição, os recursos investidos no portal somaram R$ 379.798. Em 2016, foram de R$ 339.180, oriundos do orçamento da Secretaria Adjunta do Trabalho.

O Qualifica Mais Brasília foi instituído pela Resolução nº 201 do Conselho do Trabalho do DF, de 2010. Em março de 2016, passou por um processo de reformulação, que resultou na primeira etapa.

Laboratórios que oferecem internet para o Qualifica Mais Brasília

Agência do Trabalhador do Plano Piloto
Setor Comercial Sul, Quadra 6, Bloco A, Edifício Guanabara, Lote 10/11, Térreo

Agência do Trabalhador de Taguatinga
C4, Lote 3, Edifício TVA Imperial, Avenida das Palmeiras

Casa da Mulher Brasileira
Setor de Grandes Áreas Norte, L2, Quadra 601 (atrás do Serpro)

Fábrica Social
SCIA, Quadra 14, Conjunto 2, Lote 16

Anterior Como curtir o Carnaval gastando pouco
Próximo Trabalhador acima dos 60 anos começa a receber o PIS/Pasep