SHOW DE CELY CURADO E BRUNO MANGUEIRA NO C’EST SI BON


Bruno Mangueira | Foto: David Lyell

Quinta mais C’est si bon apresente: uma noite cheia de bossa. Com Cely Curado: voz e Bruno Mangueira: guitarra. Dia 06 de setembro, quinta-feira, às 20h30 no C’est si Bon Crêperie e Bistro, 213 Norte bloco A

Uma dupla que acerta em cheio os ouvidos exigente e o coração cheio de bossa, Bruno Mangueira e Cely Curado, invadirão com muita beleza o universo de cada cliente do C´est si bon – Crêperie e Bistrôt, pelo projeto QUINTA MAIS, na próxima quinta-feira, dia 06/09, às 20h30.

E no show, intitulado “Uma noite cheia de bossa”, esse duo apresentará clássicos da Bossa Nova e da MPB que fazem parte da trajetória musical de cada um. Aliás, Bruno e Cely se conheceram durante um projeto muito bacana, o “Chico Buarque Experience”, quando gravaram o disco com canções de Chico Buarque traduzidas em inglês, ao lado de outros grandes nomes da música brasileira.

Um pouco mais sobre os músicos

Em quase 30 anos de carreira, Cely Curado já esteve nos palcos das salas Villa-Lobos e Martins Pena do Teatro Nacional Cláudio Santoro e de outros grandes teatros de Brasília, bem como em inúmeros palcos de casas noturnas da cidade. Abriu shows de artistas como o grupo MPB4, Claudinha Teles, Mieli e outros. Com o cd “Sandra Duailibe convida Cely Curado – A bossa no tempo”, fez turnê nacional, e com o cd “Elas Cantam Menescal”, trabalhou com Roberto Menescal em seu estúdio no Rio de Janeiro, participando também das comemorações de aniversário do compositor no CCBB Brasília em 2017.

Em 2015, viu ser premiado com o 26.º Prêmio da Música Popular Brasileira, na categoria Melhor Álbum de Língua Estrangeira, o cd “Chico Buarque Experience”, do qual fez parte ao lado de Zé Renato, Jorge Vercillo, Tico de Moraes, Ithamara Koorax, Zé Luiz Mazziotti, Cris Delanno, Altay Veloso entre outros

Bruno Mangueira nasceu em Vitória, em 1978. Seu primeiro contato com o violão foi aos 4 anos de idade, por meio de seu pai. Aos 16 iniciou sua vida profissional, como guitarrista da big band Orquestra Victoria, do maestro Célio Paula da Costa.

Se formou em bacharel e fez mestrado e doutorado em Música pela Unicamp. Tem atuado no cenário nacional e internacional como guitarrista, violonista, compositor e arranjador. Realizou recente turnê como violonista e guitarrista do show “Zizi Possi canta Chico e Edu”.

Bruno Mangueira participou de shows e gravações no Brasil, Estados Unidos e França, ao lado de artistas como Toninho Horta, Nelson Ayres, Gilson Peranzzetta, Paulo Jobim, Alaíde Costa, Jamelão, Filó Machado, Mauro Senise, Vinícius Dorin, Sizão Machado, Helio Alves, Phil DeGreg, Rick DellaRatta, Mandy Gaines, Kim Pensyl, Paul Keller, Leonardo Montana, Bruno Schorp e Fred Pasqua.

Apresentou-se como solista junto a orquestras sinfônicas e big bands brasileiras e norte-americanas. Realizou trabalhos de arranjo e direção musical para CDs, DVD e espetáculos, além de ter composições e arranjos executados por orquestras e big bands em diversas cidades brasileiras e norte-americanas.

Desde 2011, é professor de Guitarra da Universidade de Brasília (UnB), onde coordena o Projeto de Extensão “Música Popular UnB” e o Festival de Música Popular UnB.

Atualmente finaliza 3 novos CDs: um de violão solo (EUA), um em duo de violões com Marcus Teixeira e um em parceria com o pianista Phil DeGreg (EUA).

Serviço

QUINTA MAIS C’EST SI BON APRESENTA: UMA NOITE CHEIA DE BOSSA
Com Cely Curado –voz e Bruno Mangueira – guitarra
Dia 06 de setembro, quinta-feira, às 20h30
C’est si Bon Crêperie e Bistro, 213 Norte bloco A
Couvert artístico: R$ 15,00
C’est si bon Crêperie e Bistro, 213 Norte, bloco A – 3272.1005
Classificação etária: Livre para todas as idades
www.cestsibon.com.br – www.facebook.com/cestsibon.creperia.bistro
Fotos de divulgação: Cely Curado (Foto: Marizan Fontinele), Bruno Mangueira (Foto: David Lyell)

Anterior EXPOSIÇÃO ATHOS BULCÃO – SETE OLHARES EM SUA GALERIA
Próximo Marinha desenvolve sistema para combater tráfico