SOCIAL SAMBA ROCK


Nesta sexta: Social Samba Rock no galpão da Criolina. Cervejaria Criolina recebe banda de samba-rock brasiliense, com lançamento de cerveja Seriema Pilsner, dose dupla e aulas de dança gratuitas

Sexta-feira à noite combina com música de qualidade, cervejas artesanais e ambiente acolhedor: seja para dançar, conversar com os amigos ou apreciar um bom show. Neste 25 de agosto, a partir das 20h, o baile na Cervejaria Criolina – um dos mais novos, confortáveis e alternativos espaços da capital – ficará por conta da Social Samba Rock, uma verdadeira orquestra dançante, formada por 10 músicos brasilienses. E para esquentar a programação, terá lançamento de uma cerveja candanga e aulas de dança gratuitas. Sem falar, em dose dupla de bebidas. Parado, ninguém vai ficar!

No repertório do grupo, nada menos que Jorge Ben Jor, Tim Maia, Seu Jorge, Marcelo D2, Clube do Balanço e muito mais, com pitadas de rock, pop, soul music e R&B. “O samba é um legado do nosso povo, o rock, uma herança estrangeira. Unidos, em um único som, eles refletem a alma brasileira, sem deixar de ser um som universal”, comenta Márcio Nascimento, baixista e idealizador da banda.

Além dele, compõem o grupo: Andreia Mendes e Julio Cesar, nos vocais; Bruno Vidal, na bateria; Renato Bracale, na guitarra; Romulo Silveira, no teclado; além de Luizinho Alves e Valério Gabriel, ambos na percussão. Os instrumentos de sopro são comandados por Valmir Nunes (trombone) e Argemiro Junior (trompete). Na cervejaria, o Social Samba Rock se apresenta, pelo menos, uma vez por mês.

Ao longo do evento, haverá dose dupla de dois tipos de cervejas, por R$15, no dinheiro, até às 21h. Paralelamente, a Cerrado Beer, marca de cerveja artesanal do Cerrado, lançará a Seriema, uma pilsner leve, puro malte e refrescante. Esse é o terceiro rótulo da marca, que foi criada no DF em 2016. Os demais, já lançados são a Caliandra, uma Vienna Lager, e a Tamanduá Bandeira, uma American Brown Ale.

Por volta das 20h30, Ricardo Lira, conhecido professor de dança da cidade e idealizador do projeto itinerante de teatro dançante, Samba Móvel, convida os presentes a participarem de uma aula gratuita. Essa atividade vai até as 21h20. Ele e Vivi Índia também darão uma demonstração de samba de gafieira.

Cervejaria

Localizada no SOF Sul, a Casa foi idealizada pelos produtores da festa Criolina, junto com o cervejeiro Fabio Bakker, que decidiram inovar e se aventurar no ramo gastronômico. O ambiente criativo une escritório, estúdio musical e bar em um mesmo galpão. A cerveja Criolipa, vendida a R$ 24 (garrafa de 600ml) e R$ 12 (o chope de 300ml) é o carro-chefe do local. Segundo o produtor e sócio da cervejaria, o DJ Tiago Pezão, ela foi idealizada com o objetivo de associar um sabor tropical e refrescante, tais como os estilos de músicas e de público que frequentam as festas do projeto.

Serviço

O que: Social Samba Rock no galpão da Criolina: baile, cervejas artesanais, dose dupla e aulas de dança*
Quando: 25 de agosto, sexta-feira
Horário: a partir das 20h, show com Social Samba Rock; das 20h30 às 21h20, aulas de dança. Local: Cervejaria Criolina, localizada no SOF Sul, Quadra 1, Conjunto B, Lote 6, no Guará.
Entrada: R$ 20 (antecipados) e R$ 25 (na porta do evento). Acesse aqui para comprar antecipado. Mais informações: 99262-8332 (Márcio)
Observação: é recomendável chegar cedo. O espaço está sujeito à lotação. Ao todo, a cervejaria comporta
500 pessoas.
*As aulas de dança são gratuitas e acontecem das 20h30 às 21h20.

Anterior WARUNG TOUR BRASÍLIA
Próximo SALÁRIO INTEGRAL ATÉ R$ 7,5 MIL